Os Fumadores Passivos e o maço de cigarros “gratuito” botado goela abaixo

Segundo um artigo que fez capa do "Público" um fumador passivo pode fumar involuntariamente o equivalente a 15 ou 16 cigarros se passar mais de oito horas numa discoteca… Num restaurante ou bar, inalará cinco ou seis cigarros…

Sendo hoje, como são, inegáveis os argumentos que correlacionam o Fumo do Tabaco com diversos tipos mortais de Cancro, como se pode continuar a defender o fumo em lugares públicos e classificar de "fanatismo antitabágico" aqueles que defendem que… devem escolher o tipo de morte que vão ter?

Será que a amável e generosa oferta (mas obrigatória) de 16 cigarros em 8 horas compensa o facto de transportarmos dentro do nosso peito ou no seio da nossa garganta um… Cancro? Lá colocado por Terceiros?

Que cada qual escolha a sua forma de morrer, é algo que está nos seus direitos. Mas quando a liberdade alheia colide com a minha não posso deixar de exprimir a minha indignação. E é isso que faço, num contexto de multiplicação dos protestos de alguns fumadores a propósito desta Proposta de Lei.

Categories: Sociedade, Wikipedia | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “Os Fumadores Passivos e o maço de cigarros “gratuito” botado goela abaixo

  1. Sempre achei que a lei peca por tardia. Já que vivemos em sociedades onde o respeito pelos outros tem que ser legislado, pois que se legisle e se cumpra.
    Partilho em absoluto da opinião que não se deveria fumar em recintos fechados e, sobretudo, onde se come ou manusea alimentos. Mais do que uma questão de respeito, é uma questão de higiene.

  2. Não sou de sair muito, mas o último bar que fui assim que entrei lembrou-me aquelas limusines cheias de jamaicanos a fumar droga.
    As 2h que passei lá dentro o fumo era tanto, que no dia seguinte estava doente com a garganta inflamada. Devo ter fumado uns 3 maços… involuntáriamente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: