Daily Archives: 2006/04/07

Quid 18: Qual é o nome deste Explorador Britânico do séc. XX?

sst.jpg

Categories: LOST (Perdidos), Quids | 4 comentários

Agostinho da Silva: “Da Coragem Humana”

“Se estás disposto a nunca usar a violência, e sempre resistindo, torna-te forte de corpo e alma: é a mais difícil de todas as atitudes: exige a constante vigilância de todos os movimentos do espírito, o domínio completo de todos os impulsos dos nervos e dos músculos rebeldes; a agressâo é fácil contra o medo e também a primeira solução; para que em todos os instantes, a possas pôr de lado e substítui-la pela tranquila recusa, não te deves fiar nos improvisos; a armadura de que te revestes nos momentos de crise é forjada dia-a-dia e antes deles; faz-se de meditação e de ginástica, de pensamento definido e preciso e de perfeitos comandos; quando menos se prevé surge o instante da decisão: rápida e firme, sem emoções ou sufocando-as, tem que trabalhar a máquina formada.”

Agostinho da Silva: Ir à Índia sem Abandonar Portugal; Considerações; Outros Textos

 

A propensão, o impulso para a violência é algo de muito profundo e enraízado no ser humano. Durante a maior parte da existência do Homo Sapiens Sapiens sobre a Terra (50 mil anos versus 2 mil) fomos um caçador, uma criatura que fazia depender a sua própria sobrevivência da sua agressividade contra o Meio e contra os seus pares concorrentes. Querer abstrair o impulso para a agressão, é um dos maiores desafios que se colocam nas grandes religiões do Mundo, mas especialmente no Budismo Mahaiana, que Agostinho conhecia particularmente bem e que parece ter influenciado este curto segmento de texto sobre a Violência. Agostinho reconhece no Medo a principal causa da Violência. Seria o instinto da fera acossada, levada contra a parede, que a faria reagir, saltando sobre o agressor, com violência. Mas para esse medo atávico, Agostinho prescreve a sua receita…:

A) planificação; devemos antecipar cada momento, preparar cada advresidade, de modo a que quando ela surja estejamos preparados para lidar com ela e estejamos devidamente municiados para enfrentar esse momento de Crise.

B) Meditação e Ginástica: entendidas aqui como preparação mental e estabilização mental desse confuso e intenso turbilhão de ideias e conceitos que assola a nossa mente a cada momento. A redução desse torvelinho, a adopção da clarificação da mente, permitir-nos-á enfrentar qualquer situação com mais eficiência e reduzirá o medo instintivo que surge no momento, porque estaremos mais racionais do que se estivessemos a mente mergulhada numa confusão de pensamentos. Aqui, também, o Professor segue muito de perto os ensinamentos do Budismo, especialmente os do “Caminho para a Iluminação” de Shantideva, onde este tema é abundamente abordado

C) A redução da emotividade é talvez o maior desafio que um praticamente do budismo tem que enfrentar… É também o ponto de mais difícil aplicação nesta proposta agostiniana… A emoção está ligada ao Homem, a todos as suas acções e momentos e está mais ligada ao processo de pensamento e à própria inteligência do que se pensava na época de Agostinho, como veio provar o trabalho de António Damásio.

Categories: Movimento Internacional Lusófono | 7 comentários

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade