A Candidatura de José Maria Martins

A candidatura de José Maria Martins à Presidência da República já tem site.A construção do mesmo é patética, com erros diversos (links mortos, texto não centrado, caracteres > perdidos, etc…) mas revela algo sobre o perfil deste candidato, nomedamente a existência de um foco sobre a:

1. Critica à corrupção, cleptocracia e plutocracia do sistema actual;
2. Critica ao “centrão político” que se alterna no poder, década após década.

Defende uma mudança de regime, com “novos processos e novos agentes”, mas não explicita que processos serão esses, nem de agentes fala…

É impossível não concordar com a crítica à sociedade portuguesa de JMM, mas esperava-se mais alguma substância na crítica e nas soluções propostas… Candidato apartidário, JMM, tem aqui a sua maior virtude, mas comunga com Alegre essa virtude, não comungando infelizmente com o poeta de Coimbra a facilidade do verbo…

Que sirva de abanão a esta sociedade empodrecida, pelo menos!

Categories: Política Internacional, Política Nacional | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “A Candidatura de José Maria Martins

  1. Candidatos relapsos ao sistema é tudo o que precisamos, até o sistema agradece. O meu voto vai, como sabe para Manuel Alegre. Depois de ter perdido a esperança, ele aí está. Espero que ambos possam dar uns abanões nesta cangalhada. É uma campanha que promete. Que pena não ser já.

  2. defende novos agentes? da polícia, não!?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Create a free website or blog at WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: