A Frota

Segundo notícia do Público: “A comissão para o estudo dos meios aéreos para o combate a incêndios florestais propôs ao Governo a constituição, por aluguer e/ou aquisição, de uma frota de 48 aeronaves, sendo 30 helicópteros e 18 aviões”.Portugal tem nos últimos anos pago várias frotas de 48 aparelhos às empresas que nos alugam essas aeronaves em regime de outsourcing.

Existem três opções para a gestão desta frota:
a) É entregue à Força Aérea e forma nela um novo ramo autónomo
b) É entregue ao Serviço Nacional de Bombeiros
c) É formada uma Empresa Pública para gerir estes meios

De todas a 1ª e a 3ª parecem-me mais razoáveis, a 1ª porque a FA tem a vocação para este tipo de missões, e a 3ª porque essa empresa poderia alugar esses meios a Marrocos e a Espanha quando estes necessitassem destes meios. Além de que a gestão seria financeiramente mais eficiente do que pelo SNB ou pela FA… Os quais, especialmente o primeiro, têm demonstrado uma muito discutível capacidade para gerir os meios de combate a incêndios (porque é que nos dias em que lavravam 74 incêndios em Portugal só estavam em actividade 4000 dos 30 mil bombeiros portugueses?).

Manter tudo como está, só serve para esvaziar os cofres do Estado e para encher o de umas dezenas de empresas parasitas. Em tempos de “vacas magras” todas as despesas devem ser reavaliadas e já não é sem tempo que se repensa a política de combate a incêndios a Portugal.

Esperemos que Sócrates não desapareça novamente no Quénia antes de aplicar esta recomendação…

Categories: Política Nacional | 2 comentários

Navegação de artigos

2 thoughts on “A Frota

  1. Este é um dos temas:

    A Política Externa de Portugal/ Olivença na agenda politica

    Este é o blog:

    http://josemariamartins.blogspot.com/

    Tem outros assuntos interessantes, para não falar da candidatura a PR.

  2. Eu sei. Durante muito tempo tive esse url nos meus favoritos… Mas depois reduzi-os e mantive apenas os melhores blogs e esse dançou pq os seus temas eram demasiado monolíticos e egocentristas.

    O que não impede que eu apoie a sua candidatura (se Alegre não avançar mesmo!), como candidatura de ruptura ao regime.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

PEDAÇOS DE SABER

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

<span>%d</span> bloggers like this: