A Prisão dos Templários em 1307

A prisão dos cavaleiros templários teve lugar em França, em 1307, quando reinava Filipe o Belo. Os julgamentos dos frades cavaleiros prolongaram-se durante sete anos. Contudo, no final de 1313 (ano duplamente aziago), O papa Clemente V haveria de ceder às pressões do monarca françês e enviaria três cardeais a irem até Paris, em seu nome para aceitarem as confissões dos mais altos dignatários da Ordem. Tratavam-se dos cardeais franceses: Arnold Novell (antigo monge cisterciense), Nicolau de Fréanville (ex-confessor de Filipe) e de Arnold de Farges (sobrinho do papa). A selecção indicava uma grande parcialidade e como Filipe e Inocêncio prepararam tudo para leval a bom termo o fim da Ordem do Templo.No ano seguinte, em 18 de Março de 1314 Hugo de Pairaud, tesoureiro e visitador do Templo e visitador do priorirado de França; Godofredo de Gonneville, preceptor da Aquitência, Godofredo de Charney, preceptor da Normandia e Jacques de Molay, grão-mestre do Templo seriam imolados pelo fogo perante uma numerosa assistência.

Anúncios
Categories: História | 1 Comentário

Navegação de artigos

One thought on “A Prisão dos Templários em 1307

  1. convite a visitar o velho forte que Portugal vendeu em 1903

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

Site no WordPress.com.

Eleitores de Portugal (Associação Cívica)

Associação dedicada à divulgação e promoção da participação eleitoral e política dos cidadãos

Vizinhos em Lisboa

A Vizinhos em Lisboa tem em vista a representação e defesa dos interesses dos moradores residentes nas áreas, freguesias, bairros do concelho de Lisboa nas áreas de planeamento, urbanismo, valorização do património edificado, mobilidade, equipamentos, bem-estar, educação, defesa do património, ambiente e qualidade de vida.

Vizinhos do Areeiro

Núcleo do Areeiro da associação Vizinhos em Lisboa: Movimento de Vizinhos de causas locais e cidadania activa

Vizinhos do Bairro de São Miguel

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos

TRAVÃO ao Alojamento Local

O Alojamento Local, o Uniplaces e a Gentrificação de Lisboa e Porto estão a destruir as cidades

Não aos Serviços de Valor Acrescentado nas Facturas de Comunicações !

Movimento informal de cidadãos contra os abusos dos SVA em facturas de operadores de comunicações

Vizinhos de Alvalade

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos de Alvalade

anExplica

aprender e aprendendo

Subscrição Pública

Plataforma independente de participação cívica

Rede Vida

Just another WordPress.com weblog

Vizinhos do Areeiro

Movimento informal, inorgânico e não-partidário (nem autárquico independente) de Vizinhos do Areeiro

MDP: Movimento pela Democratização dos Partidos Políticos

Movimento apartidário e transpartidário de reforma da democracia interna nos partidos políticos portugueses

Operadores Marítimo-Turísticos de Cascais

Actividade dos Operadores Marítimo Turísticos de Cascais

MaisLisboa

Núcleo MaisDemocracia.org na Área Metropolitana de Lisboa

THE UNIVERSAL LANGUAGE UNITES AND CREATES EQUALITY

A new world with universal laws to own and to govern all with a universal language, a common civilsation and e-democratic culture.

looking beyond borders

foreign policy and global economy

O Futuro é a Liberdade

Discussões sobre Software Livre e Sociedade

%d bloggers like this: